Jornadas: Sensibilidade Social

Atualizado: 9 de Set de 2019


Para encerrar com chave de ouro "Jornadas", serie que busca responder um pouco das experiências que ex-membros tiveram na empresa, apresentamos Érico Lorenz de Oliveira, que entrou no processo seletivo de 2015/1 e foi diretor presidente em 2016/2. É co-fundador da Papyrus, uma startup que trabalha com tecnologia para inovar nas instituições governamentais, atuando nas áreas de informação e comunicação para melhorar e simplificar o atendimento dos serviços públicos dos municípios brasileiros. Conheça como foi a jornada dessa grande pessoa na Equilíbrio.

“Antes de entrar na Equilíbrio eu certamente era um cara inseguro ao se tratar de mercado de trabalho. Tudo parecia difícil: me relacionar com os colegas de trabalho, realizar tarefas, falar com os professores.Ao entrar na empresa fui me sentindo acolhido pela galera da época que mesmo com a hierarquia dos cargos tratava todo mundo como igual e compartilhava os conhecimentos das diversas tarefas que tínhamos que fazer.

Com a Equilíbrio, perdi a insegurança quanto às diversas competências exigidas pelo mercado. Se relacionar com pessoas em uma hierarquia no trabalho nunca mais foi um problema. Realizar tarefas também não. Por exemplo, atendi pessoas em situações financeiras bem complicadas, o que despertou em mim tato, respeito e humildade. Percebo que a sensibilidade social é um valor muito presente na galera, e ele se apresenta através da realização desses tipos de atividades. Acho que é difícil alguém entrar na EQ sem já possuir um pouco disso. Além disso, a empresa desenvolveu minha autonomia; se tem algo que eu quero saber pra realizar um trabalho, simplesmente vou lá e aprendo, ou pergunto pra quem sabe mais do que eu."

Érico Lorenz de Oliveira

#Valores #Jornadas

44 visualizações

Copyright © 2019 Equilíbrio Assessoria Econômica Solidária. Feito por William José Wülfing. Todos os direitos reservados.

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Preto Ícone LinkedIn