Startup: Uma Saída Inovadora

Atualizado: Mai 19





Embora o conceito de "startup" ainda não tenha se enraizado no corpo social, a utilização de serviços e produtos oferecidos por empresas startups está cada vez maior no contexto atual de isolamento social. A exemplo disso, temos serviços como o streaming de vídeos, Netflix, e a plataforma de reuniões Zoom.

Ao contrário do que muitos pensam, nem toda empresa em seu início é uma startup. Para ser considerada deste grupo, o negócio deve atender aos seguintes critérios básicos:

Escalável: Ter a habilidade de aumentar sua escala de forma rápida, sem que isso implique em um crescimento de custos. Isso faz com que a margem de lucro aumente de forma elevada e em curto prazo.

Repetível: Conseguir que um produto esteja sempre disponível para diferentes clientes sem que exista uma customização específica, tendo ainda uma escala potencialmente ilimitada.

Incerto: O modelo de negócio acompanha sempre um nível de risco relevante, pois, por trabalhar com ideias inovadoras, o modelo de negócio ainda não pode ser testado.

O crescimento de startups é uma realidade mundial desde o final dos anos 90. Estados Unidos, Japão e França (classificados como líderes em inovação) foram os primeiros a investir nesse modelo de negócios. Este investimento aconteceu, principalmente, nas universidades, estimulando a inovação e a criatividade dos alunos, necessária para o sucesso nesse meio. Tal interesse desses países proporcionou a alavancagem de novas tecnologias, especialmente na área da informática, cujo os conceitos se aplicam mais facilmente a esse modelo. Um exemplo bem característico é o Google.

No Brasil, foi criada a Associação Brasileira de Startups (ABStartups), que é uma instituição responsável pelo levantamento de dados sobre startups. Na última análise, realizada no início de 2016, o número de empresas em estágio inicial no Brasil chegou a 4.151, um crescimento de 18,5% em relação a junho de 2015. Isso demonstra um salto importante desse modelo de negócio no Brasil, ao mostrar que a inovação é sempre um bom caminho para superar as crises, mesmo em um cenário de incertezas.

Ficou interessado? Quer saber mais? Existem diversas plataformas virtuais que podem te ajudar com os passos iniciais de como criar uma startup. Um exemplo é o site “Acelera Startups” e o programa do Governo “BNDES Garagem”.

A Equilíbrio Assessoria Econômica dispõe de diversos produtos como a Análise de Setor, Viabilidade Financeira, Pesquisas de Demanda e outros serviços que podem lhe ajudar a tornar seu sonho mais viável, inclusive dentro do conceito de Startup. Entre em contato!


55 visualizações

Copyright © 2019 Equilíbrio Assessoria Econômica Solidária. Feito por William José Wülfing. Todos os direitos reservados.

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Preto Ícone LinkedIn