Precificação: de onde provém o valor?


Na história do pensamento econômico existe o grande debate: de onde provém o valor? Para a Escola Clássica, o valor se dá pela quantidade de trabalho empregada para fabricar o bem, ou seja, se dá pela oferta. O valor de uma cadeira, por exemplo, é determinado pela quantidade de trabalho necessária para produzi-la. Em contrapartida, a Escola Utilitarista determinava que o valor de algum bem se dá pelo quão útil ele será para o seu consumidor, sendo assim determinado pela demanda. Assim, o valor da cadeira é determinado pelo quão útil ela será a quem utilizá-la. A Escola Neoclássica se absteve em explicar o valor de um bem, simplificando-o como equivalente ao seu preço respectivo.

Para explicar a determinação de preços, uniu-se os conceitos da determinação de valor Clássica pela oferta, com a Utilitarista pela demanda. O preço de um bem seria determinado pela convergência entre o quanto o ofertante se dispõe a vender seu produto, e o quanto o consumidor está disposto a pagar pelo produto. Um vendedor baseia o valor de venda do seu produto nos custos necessários e na sua lucratividade, enquanto que um consumidor define o quanto deseja pagar baseado em sua renda e na utilidade marginal em consumir esse produto.

Na prática, definir o preço de venda de um bem ou serviço pode ser uma tarefa difícil, principalmente com tantas mudanças em um mundo que é cada vez mais dinâmico. Um produto que agregava muito valor à vida das pessoas antigamente, hoje é obsoleto, como um CD ou DVD, por exemplo. Colocar um preço, então, passou a ser mais complexo, já que há uma oferta crescente de serviços e consumidores mais exigentes e dentro de nichos. 

A Equilíbrio Assessoria Econômica Solidária presta o serviço de precificação, analisando a melhor forma como a empresa, em sua particularidade, pode cobrar um preço competitivo para com o mercado e manter uma lucratividade sustentável. Para tanto, a prescrição de custos é primordial, visto que esses devem ser completamente compensados pelo preço de venda a ser determinado. Também é necessária uma análise de concorrência, de modo que o preço adotado pela empresa a mantenha competitiva no mercado.

Ademais, a precificação pode estar diretamente conectada com outros serviços que prestamos, como a viabilização econômica e a pesquisa de mercado, muito recorrentes em empresas seniores. Por exemplo, pense em uma pessoa que deseja entrar no ramo de venda de bolos. O indivíduo, com a necessidade de conhecer o mercado que está inserido, contrata a Equilíbrio em um serviço de precificação e viabilidade econômica. Assim, a partir de uma análise dos demonstrativos e projeções da empresa, além de  um estudo do mercado, gera-se um diagnóstico sobre as possibilidades nas tomadas de decisões do negócio, pois compreenderá melhor como está posicionado no segmento, como pode colocar os preços nos produtos e serviços e como pode adaptar seu comércio às necessidades dos seus clientes.   




Referências Bibliográficas

BRUE, Stanley L. História do pensamento econômico.

Pindyck, R. S. e Rubinfeld, D. L., Microeconomia.



Copyright © 2019 Equilíbrio Assessoria Econômica Solidária. Feito por William José Wülfing. Todos os direitos reservados.

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Preto Ícone LinkedIn